quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O Consolador

“Eu, eu mesmo, sou quem o consola” (Isaías 51.12)
Os vários nomes do Espírito Santo descrevem o Seu caráter e o Seu ministério em nossa vida. Ele é o nosso mestre, o nosso ajudador, o nosso intercessor, o nosso advogado, o nosso fortalecedor e o nosso auxiliador. Esses nomes revelam o que o Espírito Santo quer fazer pelos crentes. Hoje quero colocar o foco nele como o nosso Consolador (ver João 14.16).
Durante muitos anos eu costumava ficar zangada regularmente com meu marido porque ele não queria me consolar quando eu sentia que precisava de consolo. Estou certa de que ele tentava, mas agora entendo que Deus não permitia que Dave me consolasse, pois eu precisava buscar consolo no Espírito Santo. Ele teria me dado todo o consolo que eu precisava, se eu simplesmente pedisse isso a Ele.

Deus permitirá que as pessoas façam apenas certa dose de coisas por nós, e não mais. Até as pessoas que nos são extremamente próximas não podem nos dar tudo que precisamos o tempo todo. Quando esperamos que os outros façam por nós o que somente Deus pode fazer, as nossas expectativas estão no lugar errado e ficaremos sempre decepcionados.
O consolo de Deus é muito melhor que o de qualquer outra pessoa. Uma pessoa nunca pode nos dar o que realmente precisamos a não ser que Deus designe e unja essa pessoa para nos ministrar, o que Ele muitas vezes faz. Não obstante, Deus é a única fonte de verdadeiro consolo, e quando precisarmos devemos ir até Ele para recebê-lo da maneira que Ele considerar adequado. Se você está sofrendo hoje, eu o encorajo a pedir a Deus o consolo divino.
A PALAVRA DE DEUS PARA VOCÊ HOJE: Busque e receba o consolo de Deus.
Fonte: http://www.lagoinha.com/ibl-vida-crista/o-consolador/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Novamente refletindo...

"Tendo Jesus concluído todas as suas palavras dirigidas ao povo, entrou em Carfanaum. E o servo de um centurião, a quem este muito est...